Previsão Operacional

Previsões disponíveis
Atlântico Norte Atlântico Norte + Ver Mais Atlântico Sul Atlântico Sul + Ver Mais Portugal Continental Portugal Continental + Ver Mais
Costa Oeste - Zona Norte Costa Oeste - Zona Norte + Ver Mais Costa Oeste - Zona Sul Costa Oeste - Zona Sul + Ver Mais Costa Sul Costa Sul + Ver Mais
Praia da Nazaré Praia da Nazaré + Ver Mais Baía de Cascais Baía de Cascais + Ver Mais Arquipélago da Madeira Arquipélago da Madeira + Ver Mais
Arquipélago dos Açores Arquipélago dos Açores + Ver Mais Qual é a tua onda? Qual é a tua onda? Wave & Surf conditions forecast Portugal + Ver Mais Queres surfar? Queres surfar? Wave & Surf conditions forecast Angola + Ver Mais
Qual é a tua Onda...na arte-xávega de Espinho à Praia da Vieira Qual é a tua Onda...na arte-xávega Espinho-Praia Vieira + Ver Mais Qual é a tua Onda...na arte-xávega da Costa de Caparica ao Espichel Qual é a tua Onda...na arte-xávega Caparica-Espichel + Ver Mais

As previsões apresentadas são obtidas através da aplicação de modelos numéricos de terceira geração, nomeadamente o WW3 (WAVEWATCH III) e o SWAN (Simulating WAves Nearshore). Através do modelo WW3 prevêem-se as condições de agitação para o Oceano Atlântico para seis dias, subdividido em duas áreas, Atlântico Norte e Atlântico Sul.

Este modelo espectral, desenvolvido para escalas oceânicas fornece as condições de fronteira necessárias para as simulações de alta resolução junto à costa, efectuadas pelo modelo espectral SWAN, fornecendo previsões para três dias.

O termo onda leva-nos de imediato à imagem de ondulação na superfície do mar. No entanto existem vários tipos de ondas, de diferentes origens e que devido às suas características, se propagam de formas bastante distintas. Para muitas das aplicações oceanográficas hoje existentes é necessário encontrar uma forma adequada de caracterizar o tipo de ondas que pretendemos identificar e estudar.

No caso das previsões realizadas pelos modelos numéricos que apresentamos, pretendemos analisar as ondas formadas por acção do vento e a sua evolução no espaço e no tempo. Para tal utilizamos alguns parâmetros que nos permitem identificar os diferentes sistemas de ondas, conhecer a sua origem e evolução. Assim sendo, nas figuras acima representadas utilizamos os seguintes parâmetros de análise:

  • Altura significativa – tendo como base um período de tempo definido, a altura significativa representa a média do terço superior de todas as ondas analisadas durante esse período, representado em metros.

  • Período de pico – o período de uma onda é definido como o tempo que duas cristas sucessivas (ou duas cavas) levam a passar por um ponto fixo. O período de pico permite caracterizar o período associado ao sistema de ondas predominante.

  • Direcção de pico – representa a direcção de origem do sistema de ondas predominante, medida em graus em relação ao Norte geográfico, com valor positivo no sentido da rotação dos ponteiros do relógio.

  • Período Médio – representa a média ponderada da totalidade do espectro de energia.

  • Direcção Média – representa a média ponderada da direcção de origem da totalidade do espectro de energia, medida em graus em relação ao Norte geográfico, com valor positivo no sentido da rotação dos ponteiros do relógio.

Destaques
Dados Espectrais Dados Espectrais + Ver Mais Comparação Bóias Comparação Bóias + Ver Mais