Levantamento topo hidrográfico na ilha de São Jorge

Entre 10 de julho e 21 de agosto de 2019, a Brigada Hidrográfica efetuou um levantamento topo‑hidrográfico na ilha de São Jorge, no grupo central do Arquipélago dos Açores.

Este trabalho surgiu no âmbito de uma parceria entre o Instituto Hidrográfico e o Governo Regional dos Açores, tendo como principal objetivo obter informação hidrográfica atualizada. O levantamento focou‑se essencialmente na costa sul de São Jorge, nomeadamente entre a Ponta dos Rosais e a Calheta.

Este levantamento realizou-se a bordo da embarcação “Águas Vivas”, do Governo Regional dos Açores com recurso a um sistema sondador multifeixe de elevada resolução. Contou com uma equipa de 4 pessoas do Instituto Hidrográfico e com os dois elementos que constituem a guarnição da “Águas Vivas”.

Para além da aquisição da batimetria entre os 200 m de profundidade e a linha de costa, efetuou-se também o levantamento topográfico das principais estruturas portuárias e ajudas à navegação dos portos das Velas e da Calheta. Adicionalmente, realizou-se a topografia de algum edificado da Marinha: o Farol dos Rosais, a Delegação Marítima de Velas e o Farol do Topo.

A missão contou com cerca de 140 horas de sondagem tendo sido efetuado o levantamento hidrográfico de uma área de aproximadamente 45 Km2, o equivalente a 4500 campos de futebol.

Segue-se agora um período de processamento e avaliação de conformidade do trabalho efetuado com o intuito de se garantir a qualidade da informação hidrográfica adquirida.

  2019-09-06    60 / 59 / 14217;