Página Inicial seta Sabia que… colhedor vertical MULTITUBOS

Sabia que… colhedor vertical MULTITUBOS

Sabia que… o estudo da interface sedimento-água no fundo marinho se faz a partir de amostras verticais obtidas com colhedores multitubos, que preservam não apenas a composição e estrutura interna dos primeiros 30-40 cm da coluna sedimentar como também a água oceânica que a cobre, denominada água sobrenadante?

O Instituto Hidrográfico (IH) possui um colhedor multitubos (com 4 tubos) da OSIL (modelo Midi), que permite a colheita, em simultâneo, de amostras sedimentares múltiplas e da interface água-sedimento. Este colhedor pode ser usado na totalidade dos ambientes marinhos, desde que a coluna sedimentar amostrada seja constituída apenas por partículas muito finas. A penetração é assegurada por um sistema hidrostático único, que permite uma taxa de penetração de aproximadamente 1 cm/s e que reduz o efeito de arrasto no sedimento que é caraterístico de outros colhedores verticais. Ao libertar-se do fundo, os tubos verticais são selados na base e no topo, garantindo a integridade da amostra durante a ascensão para o navio.

Em virtude do tipo de estudos que podem ser realizados com estas amostras de sedimento, deve ser assegurada de imediato a sua preservação (em congelamento ou a +4ºC) ou a sua análise após seccionamento em exemplares com 0,5 ou 1 cm.

A síntese dos resultados obtidos, após realizadas as diversas análises laboratoriais, é apresentada numa ficha de caraterização, a qual para além da fotografia, radiografia e registos, contém informação sobre:

  • identificação e localização da amostra;
  • sub-amostragem ao longo do testemunho;
  • classificação granulométrica e mineralógica;
  • análise geoquímica;
  • breve descrição macroscópica;
  • outras análises realizadas.

 

Aplicações:

  • estudos de monitorização ambiental;
  • evolução da qualidade do meio marinho;
  • estudos da biodiversidade marinha.

 

Colhedor vertical MULTITUBOS