Página Inicial seta Levantamento hidrográfico em Cabo Verde: Portos de Sotavento

Levantamento hidrográfico em Cabo Verde: Portos de Sotavento

No âmbito do acordo de cooperação entre Portugal e Cabo Verde, a Agência Marítima e Portuária de Cabo Verde (AMPCV) solicitou ao Instituto Hidrográfico mais uma campanha de levantamentos portuários, com o objetivo de adquirir informação topográfica e batimétrica para atualização da cartografia náutica. 

Os levantamentos foram realizados por uma equipa da Brigada Hidrográfica, entre 14 de fevereiro e 16 de março de 2016, e compreenderam as seguintes atividades:

  • Coordenação de pontos de apoio e estabelecimento de redes locais para apoio ao posicionamento horizontal e vertical, através de observações Global Navigation Satellite System;

  • Nivelamentos geométricos e trigonométricos para transporte de cotas;

  • Observação de altura de marés;

  • Topografia de estruturas portuárias, edifícios e áreas de interesse cartográfico;

  • Coordenação de ajudas à navegação (fixas e flutuantes);

  • Levantamento hidrográfico (LH) com sondador de feixe simples até à profundidade de 25 m.

Portos levantados:

 

O apoio logístico à missão foi garantido, localmente, pela AMPCV e pela Empresa Nacional de Administração dos Portos (ENAPOR).

Dos portos de sotavento fica a memória do vento na Praia, da esforçada viagem a bordo do ferry LIBERDADI com destino à Ilha do Fogo e da magnitude do seu vulcão e da frescura da Vila Nova de Sintra (Ilha Brava). A estrada que liga esta vila ao porto da Furna é conhecida “pela estrada de alguns quilómetros passando pelas suas 99 curvas”.