Página Inicial seta IH regista ondas de 17 metros em Leixões

IH regista ondas de 17 metros em Leixões

Durante o período de 12 a 16 de fevereiro de 2016 verificou-se um agravamento do estado do mar em Portugal Continental. Este temporal, originado pela propagação de uma baixa pressão no Atlântico Norte, gerou ondulação de Noroeste de forte intensidade.

A rede de monitorização do Instituto Hidrográfico registou na boia oceânica de Leixões uma altura máxima de 16,6 m e uma altura significativa de 9,2 m no dia 15 fevereiro às 03h00. Foram também observados valores elevados de velocidade do vento, com um máximo de 27,6 m/s (cerca de 100 km/h) de intensidade na boia oceânica da Nazaré.

 

Boia oceânica de Leixões: Altura significativa de 9,2 m e Altura máxima de 16,6 m registadas no dia 15 fevereiro às 03h00.

Boia costeira da Nazaré: Altura significativa de 8,2 m e Altura máxima de 14,4 m registadas no dia 15 fevereiro às 03h00.


* A altura significativa representa a média do terço superior de todas as ondas analisadas durante um período de tempo.