Página Inicial seta Destaques teste seta Fundeamento da primeira boia multiparamétrica em águas nacionais foi há 5 anos

Fundeamento da primeira boia multiparamétrica em águas nacionais foi há 5 anos

O Instituto Hidrográfico (IH) assinala, em 24 de abril, cinco anos que fundeou a primeira boia multiparamétrica em águas nacionais.

Nessa data, após ser equipada com diversos sensores na Base Hidrográfica (na Azinheira, Seixal), transportada para bordo do NRP “Almirante Gago Coutinho” na Base Naval de Lisboa, montada a respetiva amarração no trânsito para a Nazaré e determinada a posição mais favorável em levantamento hidrográfico então realizado, a boia foi fundeada na zona do canhão submarino, constituindo um passo importante no estabelecimento da rede de observação in-situ operada pelo IH, que tem permitido disponibilizar uma grande variedade de informação à comunidade científica e ao público em geral. Pode visualizar um filme em http://www.youtube.com/watch?v=FKlNcdhOF5g , sobre este fundeamento que consideramos histórico.

Atualmente, a rede de boias oceânicas multiparamétricas é constituída por três boias, encontrando-se uma fundeada ao largo de Leixões e duas na zona da Nazaré (uma mais ao largo e outra junto à costa). Esta rede foi estabelecida no quadro dos projetos europeus MONICAN (mecanismo financeiro EEA Grants 2004-2009) e RAIA (financiamento POCTEP - Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Portugal-Espanha) e permite monitorizar a agitação marítima, o vento e outros parâmetros meteorológicos, a temperatura e a corrente nas primeiras centenas de metros de profundidade e ainda a qualidade da água (oxigénio dissolvido, concentração de clorofila e de partículas em suspensão e presença de hidrocarbonetos à superfície). Salienta-se que os dados relativos ao projeto MONICAN encontram-se disponíveis em http://monican.hidrografico.pt/default/monican.php .

Refira-se, ainda, que a informação recolhida pela rede de boias multiparamétricas é complementada pelas observações realizadas pela rede de boias ondógrafo, localizadas na parte média da plataforma continental (http://www.hidrografico.pt/boias-ondografo.php ).

Fotografias do fundeamento