Página Inicial seta Fundeamento da bóia MONICAN 1

Fundeamento da bóia MONICAN 1

No passado dia 13 de Abril o Instituto Hidrográfico procedeu ao fundeamento da bóia MONICAN 1 ao largo da costa da Nazaré. 

A missão foi realizada a bordo do NRP Almirante Gago Coutinho pela equipa de Engenharia Oceanográfica da Divisão de Oceanografia, do Instituto Hidrográfico, com a colaboração de um elemento da empresa Norueguesa Sea Weeds Energy Solutions e dois elementos do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CiiMar) da Universidade do Porto.


A empresa Sea Weeds Energy Solutions, com sucursal em Portugal, tem vindo a realizar experiências de cultivo de algas na costa norte portuguesa em parceria com o CiiMAR que, por sua vez, cultiva sementes de algas e estuda a sua evolução nas nossas águas.

A presente missão foi aproveitada para realizar experiências de colonização das algas na zona do canhão da Nazaré, um ambiente particular de oceano profundo mas com potencial para a ocorrência de importante aporte de nutrientes da plataforma continental, devido à presença do canhão e das Berlengas. 
Para tal, foi utilizada como estrutura de suporte para as algas a bóia ondógrafo do Instituto Hidrográfico, MONICAN 1, equipada com instrumentos de medição de parâmetros meteorológicos, de agitação marítima e parâmetros ambientais a diferentes profundidades (http://monican.hidrografico.pt/ ).

Após fundeadas as sementes das algas, deverão ser colhidas periodicamente amostras para analisar a sua taxa de crescimento. Esta missão vem alargar a colaboração entre instituições no âmbito dos recursos do mar e promover a utilização das infra-estruturas de monitorização instaladas ao largo da costa para avaliação do potencial económico das águas nacionais.