Fernando Mendonça Dias (1898-1992)

Fernando Quintanilha Mendonça Dias (1898-1992)
fernando_dias_1898_1992.jpg

Contra-almirante. Assentou praça em 1916.

Em 1921 embarcou nos cruzadores «República» e «Vasco da Gama».

Em 1924 recebeu guia para Moçambique onde foi nomeado capitão do porto de Chinde, sendo responsável pelo levantamento hidrográfico da sua barra e porto em  1942.

Em 1947, como ministro do Governo na Índia, a sua acção foi decisiva quando Côa esteve ameaçada por bloqueio económico, pelos líderes do Maharestre e pela sabotagem local camuflada.

Em 1954 foi nomeado subchefe do Estado-Maior Naval. De 1958 a 1968 foi ministro da Marinha, tendo tido papel fundamental na criação do Instituto Hidrográfico.

Exerceu ainda funções como membro e principal mentor da Comissão de Estudos dos Portos e Praias de Portugal.

Comandou a lancha canhoneira «Tete», o torpedeiro «Lis» e o aviso «Pedro Nunes».

Fonte: Teixeira da Silva, Reis Arenga, Silva Ribeiro, Santos Serafim, Alburquerque e Silva e Melo e Sousa. “A Marinha na Investigação do Mar. 1800-1999”. Instituto Hidrográfico, Lisboa 2001.