Caracterização de Dragados

Caracterização de Dragados

Ao abrigo da última legislação em vigor, qualquer acção de dragados deve ser antecedida dos estudos necessários para caracterização da camada sedimentar a dragar. 

A classificação físico-química dos materiais a dragar, tendo como critérios a granulometria e as análises químicas, permite classificar desde a Classe I à Classe V, ou seja sedimentos limpos a muito poluídos, respectivamente.

     

Vibrocorer (amostras até 10 m de comprimento)  

Amostra superficial de sedimentos  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Instituto Hidrográfico possui os meios técnicos adequados para retirar amostras da camada sedimentar, com um comprimento máximo de 10 m. Uma vez obtidas, as amostras são devidamente acondicionadas (em condições ambientais controladas) até darem entrada no laboratório de Química e de Sedimentologia.

Das análises químicas a efectuar, os teores em metais pesados e compostos orgânicos são obrigatórios, e podem determinar o local de despejo do material dragado.

Análises contempladas:

  • Granulometria;
  • Carbono orgânico total (<2 mm);
  • Metais: arsénio, cádmio, crómio, cobre, mercúrio, chumbo, níquel e zinco;

    Compostos Orgânicos:

    • HCB - hexaclorobenzeno;
    • PCB - congéneres 28, 52, 101, 118, 138, 153 e 180;
    • PAH - antraceno, pireno, naftaleno, acenafteno, fenantreno, indeno(1 ,2,3,cd)pireno,benzo(1 ,2,3,cd)perileno,benzo(k)fluoranteno e fluoranteno,benzo(a)pireno e perileno, benzo(b)fluoranteno.
Contactos

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail

Telef.: +351 210 943 103

Telef.: +351 210 943 000 (geral)

Fax: +351 210 943 299