António Maria dos Reis (1825-1910)

António Maria dos Reis (1825-1910)
António Maria dos Reis

Contra-almirante engenheiro hidrógrafo. Começou por distinguir-se por feitos de armas, na tomada da praça de Valença, em 1846, como guarda-marinha do brigue «Vouga», e na defesa deste navio, em Fevereiro de 1847, contra as forças da Junta Revolucionária do Porto.

Entrando para o quadro de engenheiros hidrógrafos em 1855, serviu durante longos anos na Repartição Hidrográfica da Direcção-Geral dos Trabalhos Geodésicos, da qual veio a ser chefe. Integrou, nessa qualidade, a Comissão de Faróis e Balizas criada em 1881, que apresentaria em 1883 o «Plano Geral d'Alumiamento e Balizagem das Costas e Portos Marítimos do Continente do Reino e Ilhas Adjacentes».

 

 

Fonte: Teixeira da Silva, Reis Arenga, Silva Ribeiro, Santos Serafim, Alburquerque e Silva e Melo e Sousa. “A Marinha na Investigação do Mar. 1800-1999”. Instituto Hidrográfico, Lisboa 2001.